sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Sobrevoando Jaboticabal-SP/SDJC....

Quinta feira,15 FEV 2018, acabou o Carnaval e todos caíram na realidade da vida dura.... Trabalhar !
Cada qual trabalha de uma forma, os pilotos voam e como não poderia deixar de ser fui voar e aproveitei para sobrevoar minha Terra Natal, a minha querida Jaboticabal-SP/SDJC.
Cidade bem cuidada, graças a nova administração municipal, filhos da Terra que amam...
O nosso aeroporto em breve voltará a ser palcos de grandiosas Festas Aviatórias, resgatando nosso passado aeronáutico. Zelando com carinho pelo nosso Campo de Aviação, como chamavam os antigos, pois em breve teremos SDJC novamente como área de lazer publica, com a reativação do tradicional Bar e Restaurante do Aeroporto, onde familiares poderão passar momentos agradáveis no convívio aeronáutico, enquanto as crianças brincam no parquinho de diversão oferecido graciosamente pela Prefeitura, como era antigamente. Velhos tempos, lindos dias...
Dali saíram grandes aviadores jaboticabalenses, frutos de uma escola de pilotagem de alto nível administrada pelo extinto ACJ - Aéro Clube de Jaboticabal-SP, que acabou sucumbindo como a grande maioria das Escolas de Pilotagem Centenárias, que não conseguiram sobreviver diante das inúmeras crises governamentais.Alguns voando até hoje no exterior, outros na aviação comercial e regional, na executiva e agrícola.





Tivemos o privilégio de ter grandes instrutores, em destaque nosso querido mestre,ao qual deve a grande maioria dos pilotos, principalmente os da Pioneira Aviação Agrícola, Cmte.ERNESTO ELVINO BIANCARDI, in memoriam.
A seguir belezas da minha cidade, Jaboticabal-SP dos meus sonhos !
Se você não conhece, vale a pena conhecer...













 A cidade é conhecida por seus três principais epítetos:
"Cidade das Rosas", pelas praças ornamentadas, pelos belos e exuberantes jardins, pelas inúmeras roseiras existentes nos jardins das casas e pela beleza de suas mulheres.
"Cidade da Música" ou "Campeã de Música", por sua história de glamour musical, protagonizada pelas suas bandas: Corporação Musical "Gomes e Puccini" e Banda Filarmônica "Pietro Mascagni", que foram campeãs e vice campeãs estaduais em 1950 e em 1954, ambas alternando nas duas primeiras colocações, rivalidade extrema com maestros "importados" da Itália: Frederico Grossi na Corporação Musical "Gomes e Puccini" e Michelino Maisano na Banda Filarmônica "Pietro Mascagni". A cidade já sabia que uma banda jaboticabalense venceria o concurso estadual, só não imaginava qual. De 1958 para cá, passou a contar com a Banda Musical São Luis, com muitas conquistas e mantendo o cognome "Cidade da Música". Foi sede de grandes "big bands caipiras". Desde 1940 abriga a tradicional "Orquestra Sul América", uma das mais antigas orquestras de baile em atividade no Brasil e desde 1978, "Arley e sua Orquestra" mudou-se de Catanduva para Jaboticabal.                                                                                               
 "Athenas Paulista", pelos seus tradicionais colégios, escolas, grandes homens de sua história, e, atualmente, pela presença de cinco unidades de ensino superior (incluindo um campus da Universidade Estadual Paulista).

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

NOITE SIRIO LIBANESA no CAM em SDLY....

Praticamente todas as quintas-feiras, a diretória do CAM- Clube de Aeromodelismo Matonense  reúne com seus associados, amigos, familiares e convidados para realização de um encontro gastronômico no happy hour, lógico regado com muita cerveja gelada. São escolhidas  em cada acontecimento, diversas modalidade de comidas na tentativa de agradar vários gostos. Nessa quinta-feira/01 de Fevereiro/2018, aconteceu a NOITE SIRIO LIBANESA, na sede do CAM no aeródromo Municipal Armando Nataly/SDLY, com alguns pratos preparados na própria cozinha do CAM por habilidosos Mestres da culinária, diretores da entidade que gostam de cozinhar e sempre estão inventando uma noitada diferente.
Entre um bom e divertido papo tivemos:
TABULE, Salada de trigo com tomates, pepino e hortelã.
PÃO SIRIO e torradinhas
KIBE CRÚ
KAFTA no Palito, bolinho árabe/libanês de carne moída com especiarias.
QUIBE assado na churrasqueira.

                                    ZEZÉ, Presidente do CAM com a mão na massa !

                                                MAURICIO Aeromodelista.
                            MESTRES DA CULINÁRIA: GUTO e ZEZÉ nos preparativos !
                                             AMARILDO na churrasqueira...
TURMA do CAM 
                                    BETTY e AMARILDO na degustação...

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

ERA UMA VEZ ! Meu esperado dia chegou, 31 JAN...

Muitos odeiam que eu fale do passado, mas pouco me importa os que pensam assim. Para mim, o passado tem um sentido muito grande, pois foi parte essencial da minha vida e se estou vivo posso falar do passado, com convicção pelo o que vivi e passei.  Quanto ao futuro, o amanhã só Deus sabe e não consigo falar ou prever o que será daqui a alguns momentos, daqui a algumas horas, alguns dias ou alguns anos! O importante que minha vida não se passou em vão e que histórias tenho  para contar, quando a grande maioria se prendeu a uma redoma no seu ninho, não enfrentou os desafios da vida, não correu atrás dos seus sonhos, não se aventurou no tempo. Hoje, aos 64 anos me sinto realizado e feliz na profissão que escolhi por vocação. Cheguei onde devia chegar e onde merecia estar... Muitos voos, muitas decisões, pequenas e grandes emergências, muitos erros e muitos acertos. Todo aviador tem que estar sempre ao lado da sorte e ter um anjo da guarda de prontidão. E o meu nunca me abandonou...   
                                                           
          
Quando ainda criança, admirando os pequenos Teco-Teco amarelos e os NA T-6 Texan cor de laranja, que cruzavam o céu da minha cidade natal, a minha querida Jaboticabal-SP eu escolhi o meu ANJO DA GUARDA. Ele foi com a minha cara e nunca mais me abandonou. Em todos os momentos e principalmente nos mais difíceis esteve ao meu lado, guiando o meu caminho e sempre me senti seguro com ele. A verdadeira história é o seguinte: 
Nasci na manhã do dia 31 de janeiro de 1954. O Santo protetor do dia era o JOÃO BOSCO, que faleceu em Turim aos 72 anos, em 31 de janeiro de 1888. Foi um sacerdote católico italiano, fundador da Pia Sociedade São Francisco de Sales e proclamado Santo em 1934. Nasceu João Melchior Bosco e foi aclamado por São João Paulo II como o "Pai e Mestre da Juventude" e por incrível que possa parecer, Dom Bosco é o padroeiro da capital federal do Brasil, Brasília.
Dom Bosco, SDB, (Don Bosco, nasceu em 16 de agosto de 1815 em Castelnuevo) ,é Venerado pela Igreja Católica Apostólica Romana.
Minha mãe fervorosamente católica queria colocar esse nome em mim, mas na ultima hora no cartório, influenciados por algumas madres, optaram por usar os nomes dos avos  paternos e maternos, então fui batizado como JOSÉ LUIZ. Ela não ficou muito contente com o fato, do portuga do meu pai ter entrado nos palpites das irmãs/freiras da maternidade onde nasci, na Santa Casa de Misericórdia de Jaboticabal-SP,por  terem opinado de outra forma menos santa. Acho que essas freiras eram paraguaias e menos católicas que minha fervorosa mãe italianíssima e não entendiam nada de santos. kkkk Quando soube da história pela minha mãe  ainda pequeno,  adotei o JOÃO BOSCO, como meu Santo protetor e Anjo da Guarda e tudo de bom começou a acontecer para mim e até hoje o tenho na mais fervorosa admiração e gratidão. Nas situações difíceis, nos momentos cruciais sei que ele está ao meu lado. É o meu Anjo da guarda e da Sorte e na aviação mais do que nunca você tem que ter um Anjo ao seu lado te protegendo e isso eu chamo de Sorte !                                                                       
João Melchior Bosco foi sacerdote diocesano católico apostólico romano e educador. Desenvolveu a educação infanto-juvenil e o ensino profissional, sendo um dos criadores do sistema preventivo em educação. Dedicou-se também ao desenvolvimento da imprensa católica. É o fundador da Pia Sociedade de São Francisco de Sales (1859), conhecida por salesianos, co-fundador da congregação das Filhas de Maria Auxiliadora, conhecidas por irmãs salesianas e fundador da Associação Internacional dos Cooperadores Salesianos. Foi canonizado em 1º de abril de 1934 pelo Papa Pio XI, sendo o padroeiro dos jovens e dos aprendizes. Seu dia é celebrado em 31 de janeiro.

Em agosto de 2017, estive com amigos pela segunda vez em Portugal, terra que eu amo de coração e por incrível que possa parecer, um dos meus melhores dias em LISBOA, foi quando por acaso me deparei com uma praça onde a estatua de DOM JOÃO BOSCO se destacava, como o padroeiro daquele lugar. Passei horas ali, meditando e agradecendo por tudo de bom que aconteceu na minha vida, desde quando comecei a entender as coisas na minha infância e ele se tornou meu Anjo da Guarda. Acho que me adotou desde pequeno !

Credito dessas fotos em Lisboa,ao meu querido amigo e companheiro de viagem Carlos Gennaro Costa, o Portuga !
Hoje ao completar 64 janeiros, 46 no ar, me sinto realizado e agradecido a Deus por tudo que consegui na minha vida de aviador.Pelos meus incontáveis amigos que fiz ao longo da minha jornada de trabalho, pela minha vida serena, pela minha saúde e pela mulher que conquistei embaixo de uma asa de avião em 1976. E também pelo sucesso de ter transportado como Comandante iluminado e protegido pelo meu Anjo, milhares de pessoas sem ter causado o mínimo transtorno ou sem ter sentido o sabor amargo de um acidente. Sei que a minha reta final curta está chegando, pois a vida voa muito rápido e espero que meu Anjo não me abandone no ultimo pouso, nem no MDA... Felizes foram os Aviadores iluminados por Deus, que tiveram sempre seu Anjo da Guarda ao lado!
Agradeço também meus queridos amigos sinceros e verdadeiros. Obrigado por vocês serem meus amigos!
A mal noticia é que o meu Visto Americano de Tripulante venceu ontem (30JAN2018) e a boa noticia é que não vou renovar jamais. Chega um ponto na vida da gente que a razão fala mais alto, o coração acaba sabendo por que estamos aqui. E a vida vai perdendo o seu sentido, com o decorrer dos anos enquanto vamos ficando velhos. Coisas que antes tinha tanta importância se tornou algo supérfluo. Desde que você já fez sua parte bem feita, com  a profissão que escolheu, como as amizades que acabou conquistando em consequência dos seus atos, passamos a escutar o coração e avaliar o que realmente nos interessa, compreendendo racionalmente a verdadeira razão da nossa existência.
Com o avanço gradativo da idade  passamos a entender e se preocupar com o tempo que voa rápido e isso faz com que procuramos  viver no encontro da felicidade, curtindo os bons momentos e seguindo em frente. Acredito que isso se pode dizer autoconhecimento. A preocupação com a saúde e o bem estar define metas a serem cumpridas e no dia do nosso aniversário, quando mais uma primavera é comemorada, a razão da vida faz com que racionalmente passamos a aceitar a vida como ela é. É hora de gastar o que poupamos durante longos anos, vender aquilo que não nos interessa e que não vai caber de forma alguma no nosso caixão. É o momento de se livrar dos problemas, voar para bem longe, aproveitando para fazer aquilo que não tivemos tempo e nem dinheiro para fazer antes. Nossas conquistas são em função das nossas atitudes e do nosso trabalho. A razão é a radial que nos liga para o objetivo em que queremos chegar e com isso entendemos e aceitamos. Enfim nossa razão para viver somos nós mesmos

Agradeço a Deus, ao meu Anjo da Guarda e protetor por mais uma velinha acessa na minha CIV da Vida ! Pela minha companheira Betty de grandes aventuras, pelos meus  filhos e por estar vivo ainda para contar minha história de vida!
Minha querida família. Bons tempos, lindos dias!